Viva o Natal e Nada Mais: Capítulo 1 | Então, isso é natal!

||
Saudações, pinguins!
A Ilha do Club Penguin está comemorando seu primeiro fim de ano. Após todos salvarem as festividades das mãos de Herbert P. Bear e conseguir realizar o banquete de fim de ano, os pinguins precisarão salvar o Pinguim Noel e o fim de ano deles também!



Comece lendo o episódio 1 clicando no botão abaixo. 



Era mais um dia normal. Pelo menos, eu achava que era. Acordei da cama do meu iglu e logo quando vi a janela, a ilha estava de noite. Uau! É muito lindo ver a ilha de noite. A última vez que presenciamos algo assim, foi no Halloween. Só que em vez de lindo, achamos assustador, pois a ilha estava escura e sem iluminação. Um perigo!

Mas dessa vez, até que estava bonito, não vou mentir. Mas o mais incrível aconteceu depois! Uma explosão de fogos de artifício no céu! Saí correndo do meu iglu e fui chamar meus amigos para ver aquele espetáculo. 

Ah, já ia me esquecendo de se apresentar. Prazer, meu nome é Hullo. Estou aqui na ilha desde quando ela abriu. Sou um pinguim azul, divertido, mas bastante travesso. 

Bom, levei Clarinha, Marcuss e Viena para ver o espetáculo comigo no Píer do Farol! Estava lindo demais.

- Eu espero que vocês continuem com essa alegria toda no ano que vem. - disse Tia Arctic. Ela é super inteligente. É a diretora da ilha. 

- Mas como assim, Tia? - perguntou Clarinha. Ela ficou super confusa. - Isso vai continuar no ano que vem também? - terminou. Tia respondeu positivamente com a cabeça.

A pinguina de cor verde e de cabelo rosa, explicou que tratava-se de uma festividade anual de fim de ano. Mais conhecida também como natal. Era uma festa que comemorava a união dos pinguins. E o mais legal, é que tem uma espécie de Pinguim Noel que entrega presentes para os pinguins bonzinhos no dia do natal, dia 25! Isso me fez lembrar de alguma coisa parecida que eu comemorava na minha antiga ilha... mas acho que não era fim de ano....

Aí eu comecei a pensar se eu estou na lista de bonzinhos dele... e aí comecei a fazer uma retrospectiva do meu ano. Cara, já pensou? Eu acho que não estou lá. 

Lista de coisas ruins que fiz esse ano: ri da cara dos pinguins novatos, não ajudei ninguém, me juntei ao esquadrão rebelde e acabei destruindo a ilha com bots. Por favor Pinguim Noel, quero um presente, pelo menos... 

- Vamos agora para a Central da Ilha...? Temos uma surpresa para vocês. - disse a Tia. Ela então me levou para a Central. 

Chegando lá, que LINDO! Um incrível banquete de fim de ano na mesa ao lado do jogo de dança da Cadence. Nunca vi nada tão bonito desde as pizzas douradas que o Rookie vendeu na abertura do Monte Nevasca. Ah, vale lembrar que tinha postos de doações para o Coins For Change. Eu amei a ideia!

Porém, Herbert acabou chegando e sugou todas as decorações. E aí, começou uma pequena operaçãozinha para que nós recuperássemos as decorações, derrotássemos Herbert para aí sim, podermos pegar o banquete. Herbert é tão malvado que roubou nossas decorações para decorar a base dele!


Alguns dias depois

- Acorda! Acorda! - era Marcuss em minha cama. Ele estava me acordando porque do nada, chegou um grande trenó no Píer do Farol. - Cara! É sério. Chegou um grande trenó no Píer e o Rockhopper está dizendo que pode ser o trenó do Noel! - disse Marcuss. Me arrumei e saí correndo para o Píer.

- Como você tem tanta certeza que é o trenó do Noel, Rock? - eu perguntei a ele.
- Uma coisa dessas você vê uma vez na vida outra vez na morte! Só olhar a época em que estamos e ver as decorações do trenó que logo você deduz! - disse Rockhopper, excelente pirata. Ele tinha razão. Porém, o principal estava faltando no trenó. Cadê o Noel? 
- Não sabemos onde ele deve estar. A viagem deve ter sido turbulenta. Talvez, o Noel chegue mais tarde com outro trenó. - disse Tia Arctic. 

Nesse mesmo dia, a ilha começava a esfriar ainda mais. Foi muito bom! 

Todos nós ficamos tão ansiosos para a chegada do Noel, que Gary até construiu um telescópio 3500 para ficar olhando pro céu, vendo se há algum rastro do Noel. Mas nem precisou. Logo depois disso, o Noel pousou na Prainha do Coco. Estranho... o trenó dele estava no píer.

O Noel tratava-se de um carinha grande, branco, um pouco peludo, que veste vermelho e possui um caranguejo que veste um gorro verde. Ele tinha um saco de presentes nas costas! Foi a primeira vez que eu vi Noel na vida. Me senti muito feliz.

Ele então pegou seu trenó e começou a jogar presentes por toda a ilha. 

- Olha, vou abrir essa caixa! - disse Rookie. Quando Rookie abriu, se deparou com um objeto meio estranho. Possuía uma forma redonda, era preto, e do nada fez um barulho bem assim: BOOOOOOOM!

Rookie se assustou e acabou voando! Todos nós achamos isso estranho. Todas as caixas continham a mesma coisa. 

- Essa não foi a descrição do Pinguim Noel que a Tia Arctic deu para nós... - disse Clarinha. Eu, Clarinha, Marcuss e Viena ficamos confusos, até que Cadence chegou ao nosso lado e falou:

- Ei! Esse não parece ser o Noel que a Tia ficou falando o dia todo... ele não era tão branco e peludo assim... e aliás, ele não é um pinguim! Veja aquele ajudante dele! - naquele momento, Cadence apontou para o caranguejo e nesse momento, o gorro dele caiu. - Ele me parece muito com o Klutzy. Mas tomara que seja apenas impressão. - disse Cadence.

Mais tarde, depois de tudo aquilo, o Pinguim Noel sentou-se em uma das cadeiras que ele mesmo colocou na Prainha do Coco e começou a pedir para que os pinguins sentassem em seu colo para pedir seu pedido. 

Era uma fila enorme, e tinha chegado a vez do Rookie. 

- Eu quero um graaaaaaaaaaaaande avião azulzão poderosão sensacionalzão! - disse Rookie para o Noel.
- Mas isso não vou poder te dar... por favor, outro pedido. - falou Noel. Ele estava meio zangado. Acho que aquele traje todo dá um pouco de calor...
- Então eu quero uma ilha nova inteira só pra mim! - disse Rookie.
- Mas isso não vou poder te dar! - disse Noel.
- Então quero um grande barco navegante que faça com que eu possa viajar de graça para todas as outras ilhas que eu quiser! - disse Rookie.
- Seus pedidos NUNCA vão poder ser realizados! - falou Noel. Ele ficou estressado. Se levantou. - Pinguins idiotas! Meu querido elfo, pegue meu controle. - Noel mandou o caranguejo dele pegar um controle que só tinha um único botão vermelho. Quando Noel apertou o botão, a ilha toda começou a explodir! Todos os presentes que Noel jogou, eram bombas!

E agora?! O que vamos fazer! Ficamos todos desesperados!


_______________________________________________________________________________


Não perca o próximo capítulo amanhã, dia 22 de dezembro às 16h30.



Nenhum comentário:

Postar um comentário


© 2009 - 2018 | Template feito por Seyne